Ganhador da Mega-Sena é assassinado em bar com três tiros na cabeça, no Ceará

A Polícia Civil do Ceará está investigando o assassinato de um ganhador da Mega-sena baleado com três tiros na cabeça na cidade de Campos Sales, a cerca de 500 quilômetros de Fortaleza, na madrugada de domingo. Miguel Ferreira Oliveira, de 50 anos, que recebeu um prêmio de R$ 39 milhões em 2011, estava sentado à mesa de um bar quando foi morto.

Segundo o boletim de ocorrência, o assassino fez os disparos por trás da vítima e fugiu correndo na direção de um terreno baldio. Testemunhas que estavam no bar no momento da morte de Oliveira disseram à Polícia Militar que não conheciam o atirador. O crime, cuja motivação permanece desconhecida, foi registrado na Delegacia de Campos Sales.

Duas viaturas foram acionadas logo após o assassinato, mas não encontraram o suspeito. A PM informou que a Polícia Civil vai realizar diligências para tentar esclarecer as circunstâncias da morte de Oliveira, que vivia do aluguel de diversos apartamentos dos quais era proprietário.

Não é possível afirmar que o crime tem relação com a fortuna da vítima, mas um policial militar que conversou com o EXTRA ao telefone disse que a forma como tudo aconteceu leva a crer que o assasinato foi premeditado.

Em nota, a Polícia Civil do Ceará informou que estão sendo realizadas diligências para localizar e prender o suspeito. A Polícia Civil está pedindo a ajuda da população para elucidar o caso. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o telefone da delegacia, pelo número (88) 3533-1309.